10 animações pra você aproveitar o Dia das Crianças

Enfim Dia das Crianças e se você, assim como eu, também não tem muitos meios pra comemorar a data que não seja realizando alguma ação de responsabilidade social ou presenteando alguma criança próxima, vem comigo que eu vou te lembrar um excelente motivo pra já se sentir agradecido: é feriado! Como qualquer folga que se preze, o melhor pedido pra essa quinta feira é esticar as pernas no sofá e aproveitar um bom e velho filme de animação, daqueles que a gente pode assistir com todo mundo, a concretização da palavra descanso, seja repetido ou inédito. E como o TipZine não te deixa na mão, confira 10 animações que valem totalmente a pena pra você aproveitar:

1. Coraline e o Mundo Secreto (2009)

Coraline é um clássico exemplar. Com sua construção bem mais dramática do que as outras animações, este longa nos traz uma história bastante complicada de forma muito sensível. Coraline Jones, cansada de não ter o que fazer em sua nova casa, acaba encontrando uma porta secreta. Atravessando essa porta, ela encontra uma nova versão da sua vida, aparentemente muito melhor que a original, mas tudo começa a dar errado quando a nova versão de seus pais tentam aprisioná-la.

 

2. Detona Ralph (2013)

Extremamente fofo e com uma animação de encher os olhos, Detona Ralph traz uma linearidade muito divertida, caminhando entre outros jogos de inúmeras versões e temas. Ralph é o vilão de um antigo jogo de fliperama que, apesar de cumprir com o seu papel com perfeição dentro do jogo, sonha com um reconhecimento maior dos outros habitantes do game que não o tratam bem por ele ser o vilão. Para provar o seu verdadeiro valor ele promete conseguir uma medalha de herói. Ralph então sai para uma incrível jornada por outros jogos para cumprir sua promessa.

 

3. Divertida Mente (2015)

Essa animação sinceramente deveria ser obrigatória para o mundo todo. Sua doçura e a força da narrativa interagem com um trabalho gráfico simplesmente inacreditável. A filosofia e psicologia abordadas aqui fazem totalmente a diferente e renderam o Oscar de Melhor Animação. Riley é uma garotinha 11 anos de idade, que está começando a enfrentar todos os desafios da puberdade e para piorar, seus pais precisam se mudar. Na cabeça de Riley, suas emoções principais – Medo, Raiva, Nojinho, Tristeza e Alegria – operam seu sistema nervoso em determinada harmonia. Acontece que, no tumulto entre tantas mudanças, a Tristeza acaba causando uma grande confusão. Agora, elas precisam trabalhar juntas percorrendo os pensamentos de Riley para conseguir retornar à sala de controle.

 

4. Fantasia (1940)

É mais do que óbvio que não poderia faltar um clássico com direito a Mickey Mouse, não é mesmo? A interação entre música clássica e animações “mudas” sem sombra de dúvidas foi um grande marco nas infâncias dos anos 80’s e 90’s. Um entretenimento afiado e extremamente prazeroso que infelizmente acabou se perdendo no tempo. O longa traz: Toccata e Fuga em Ré Menor de Johann Sebastian Bach; Suíte Quebra-Nozes de Peter Llich Tchaikovsky; O Aprendiz de Feiticeiro de Paul Dukas; Sagração da Primavera de Igor Stravinsky; Sinfonia Pastoral de Ludwing Van Beethoven; Dança das Horas de Almicare Ponchielli; Noite no Monte Calvo de Modest Mussorgsky e Ave Maria de Franz Schubert.

 

5. Festa da Salsicha (2016)

E porque não uma animação feita para adultos? Não que diversas outras não seja, como o próprio Divertida Mente (2015), mas Sausage Party é uma animação realmente feita para adultos, com cenas muitas cenas “sexuais” e até mesmo “violentas”. Esse ano, a HBO foi processada em mais de 2 milhões por ter exibido o filme em horário infantil.  Dentro de um supermercado, os produtos e alimentos convivem numa sociedade e acreditam fielmente que os humanos são Deuses. O único objetivo de vida deles é o dia em que serão escolhidos e levados para uma casa, onde eles acreditam ser uma versão de paraíso, para viver feliz e em harmonia. Quando a salsicha Frank descobre a verdade, ele precisa lutar para que o restante do supermercado acredite nele e lute contra os terríveis humanos, que só querem cozinhar, ralar e fritar cada um deles.

 

6. Mary e Max – Uma amizade diferente (2009)

Todos os humanos são imperfeitos

E quem disse que animações precisam sempre ser felizes e muito coloridas? Mary and Max traz uma trama maravilhosa, baseada em uma história real, uma fotografia indescritível e uma narrativa de extrema sensibilidade. Mary Daisy é uma menina bastante solitária de oito anos de idade que vive na Austrália. Max Jerry é um homem de 44 anos, obeso, muito solitário e que convive com a Síndrome de Asperger. Mesmo com a distância e a grande diferença de idade, Mary e Max desenvolvem uma forte amizade, que é contata através de doces correspondências que falam sobre os altos e baixos da vida.

 

7. Meu Malvado Favorito, Meu Malvado Favorito 2, Minions e Meu Malvado Favorito 3 (2010/2013/2015 e 2017)

Não é preciso dizer muito sobre essa franquia né? Capa desse artigo, a história de Gru e seus ajudantes amarelos ganharam o coração do público tornando-a uma das maiores sagas de filmes atualmente. No primeiro filme Gru é um vilão de carreira que está sendo ofuscado pelos novos nomes da vilania e não possui mais prestígio dentro dessa sociedade. Para recuperar o respeito de todos os vilões, Gru decide roubar a lua, mas antes de executar esse plano ele precisa roubar um raio encolhedor do vilão mais badalado do momento, Vetor. Para invadir a residência de Vetor, Gru decide uma menininha escoteira vendendo biscoitos. Para a execução ele decide adotar uma criança, o que introduz a história Agnes, Margô e Edith, três irmãs que não podem ser separadas.

8. Monstros S.A. (2001) e Universidade Monstros (2013)

Ainda que a continuação tenha saído muitos anos depois do primeiro filme, Monstros S.A. é uma fofura indispensável. Os monstros que as crianças estão acostumadas a reclamar durante a noite existem, e o grito assustado dessas crianças é a principal fonte de energia do mundo em que eles vivem. Certo dia, Sully e sua dupla no trabalho Mike sofrem um “acidente” de trabalho e a pequena Boo é trazida para o mundo deles, o que, tecnicamente não pode acontecer. Para levar Boo de volta para sua casa sem serem descobertos eles embarcam em uma aventura muito divertida e bastante amável.

 

9. Os Incríveis (2004)

Você já pensou como seria uma família de super heróis? Roberto Pêra já foi um dos maiores heróis da Terra, salvando milhares de vidas e combatendo o mal sob o codinome de Sr. Incrível. Um belo dia ele é processado por salvar um homem do suicídio, e os custos das indenizações e do julgamento faz com que a opinião pública se volte contra os super heróis. Em busca da harmonia o governo sugere que eles voltem a viver suas vidas de maneira completamente normal, sem demonstrar seus superpoderes, em troca de uma pensão anual. Quinze anos depois, Roberto leva uma vida calma ao lado de sua esposa, que também era uma super heroína, e três filhos. Lutando contra o tédio da vida comum e trabalho de escritório Roberto recebe um convite para uma missão secreta.

 

10. Uma Aventura Lego (2014)

Como estrategia de marketing para a Lego em novas gerações, que já não se impressionam com as infinitas possibilidades de se construir algo, a empresa investiu em diversas plataformas, inclusive no desenvolvimento de uma franquia de animações que realmente valem muito a pena. Lançada em 2014, as continuações começaram a ser lançadas esse ano, com Lego Batman e Lego Ninja nas telonas. A composição gráfica feita inteiramente com peças do brinquedo e a trama muito bem construída rendem risadas e fascínio sem grandes esforços.

 

 

Jôicy Franco

Social Media, 24 invernos.
Basicamente um desenho animado tentando sobreviver no mundo real.

Comments

comments

About the Author

Jôicy Franco
Jôicy Franco

Social Media, 24 invernos.
Basicamente um desenho animado tentando sobreviver no mundo real.