Amizade é…

“Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si (…) É sobre ser abrigo e também ter morada em outros corações, e assim ter amigos contigo em todas as situações”.

Muitos acreditam que falar ou escrever sobre amizade é fácil, mas não é. Mesmo tendo total liberdade e intimidade de falar o que pensamos, sermos nós mesmos, em algumas situações e pensamentos, a amizade pode não ser assim tão acolhedora.

A importância da amizade começa em aceitar as diferenças. Ninguém é igual a ninguém. E vamos combinar que lidar com pessoas de inúmeras personalidades é bem difícil. A amizade é um trabalho árduo, que precisa ser moldada e regada todos os dias para que a flor ou o jardim nunca morram. O mais engraçado é quando diferentes pensamentos se juntam em uma mesa de bar ou no grupo do WhatsApp. Já pensou a narquia que vira um bilhão de situações ao mesmo tempo? Por isso a amizade. É ela quem vai compreender quando o seu raciocínio for diferente dos demais. Os amigos são a família que escolhemos, mesmo quando não concordando com seu discurso.

O amigo também não é obrigado a saber da sua vida se você não conta. Meias palavras não são o suficiente para dar um conselho. A amizade precisa de histórias, de carinho, de atenção, de reciprocidade, de risos, de choros, de gratidão, de puxões de orelha, mas não precisa de mimimi. Nenhum problema ou dor é maior que a outra, não julgue seu amigo por ele ver a vida de um modo diferente de você. Lembre-se que é esta contradição que aumenta a conexão e sintonia entre vocês.

“Amizade é uma das formas mais linda de se amar alguém. São pessoas que te completam, somam e que por um descuido podemos nos apaixonar por elas, mas não no quesito de relacionamento, nos apaixonamos por quem nos quer bem, por quem nos ajuda nos momentos mais fáceis e difíceis da vida. A amizade é um sentimento tão livre. Amizade a gente não cobra.”

Não podemos esquecer que amizade também é perdão. Quem nunca perdoou e já foi perdoado? A amizade é uma relação em que o orgulho não pode falar mais alto. Anos de convivência, histórias e momentos não podem ser jogados para o alto por um mínimo detalhe. Um vinho e uma boa conversa podem ajudar a esclarecer. Outro detalhe é que nem sempre os seus conselhos vão ser seguidos pelo seu amigo, e sabe qual é a saída? Aceitar, respeitar e quando ele cair novamente, estar lá com as asas da amizade para salvá-lo. É assim que funciona. Já dizia Vinícius de Moraes, “(…) por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades”. Não tem como falar de amizade e não se lembrar desse poema. O maior clássico que você respeita!

Imagina que triste a vida de uma pessoa que não tem amigos? Que não tem com quem compartilhar os momentos de sucesso e de fracasso? Você não precisa ter mil, basta ter um em quem confiar. Quantidade não é qualidade e isto você percebe com o passar do tempo.

Amizade é dividir a comida, mesmo não querendo. É dividir uma boa cerveja, mesmo sabendo que só tem uma única garrafa. É sair sem um real no bolso e voltar bêbado. É companheirismo. É aceitar e compreender. É segurar o cabelo na hora do vômito. É ser 100% sincero. É aceitar a pessoa mesmo que ela seja a mais zoada. É a convicção de nunca estar sozinho. É o amor mais puro e despretensioso desse mundão. É ser você mesmo. É não ser julgado. É procurar abrigo em qualquer situação. É ser um ombro para o choro e outro para o riso. É ser o alicerce de uma construção inacabável.

Letícia Minutti

Jornalista. Geminiana. Apaixonada pela vida e fã do Latino nas horas vagas. Não importa o que aconteça, ria, mesmo que seja de nervoso. Se nada der certo? Segue o baile. E se der certo? Continua seguindo o baile.

Comments

comments

About the Author

Letícia Minutti
Letícia Minutti

Jornalista. Geminiana. Apaixonada pela vida e fã do Latino nas horas vagas. Não importa o que aconteça, ria, mesmo que seja de nervoso. Se nada der certo? Segue o baile. E se der certo? Continua seguindo o baile.