Banda de Mina #02 – Dorothy

Me apaixonei em cinco segundos.

Todo mundo odeia aqueles cinco segundos de publicidade no YouTube, né? Eu também até me deparar com o comercial da Gatorade. Tocava Wicked Ones de fundo. Eu não sabia dessa música, dessa banda, fiquei louca. O hábito de pular o anúncio fez a música passar por mim em cinco segundos, tempo suficiente para gritar “não” (mentalmente). – PQ EU TINHA Q PULAR?

 

 

Não lembro como, mas encontrei a música, conheci a banda. Ouvi o álbum Rockisdead em um dia, no dia seguinte também e por um bom tempo só ele.

 

Mulherão da porra

Essa Dorothy não é a de Oz. Mas tem uma magia, viu (desculpa o trocadilho ridículo)? Você meio que vicia na voz dessa mulher. Migs, e que mulher! Dorothy Martin doa seu nome a banda e sua voz potente/sexy faz o diferencial no gênero Hard Rock(zão) que a banda transita.

 

Rockisdead

Dorothy tem apenas um álbum lançado, mas dá para curtir a banda só por esse trabalho. A música de ponta pé inicial foi After Midnight, muito boa!

 

 

Você também precisa ouvir Raise Hell.

 

Tem Gun In My Hand, Raise Hell, Shelter e minha favorita:

…Whiskey fever
Your my evil
Your my evil
Whiskey whiskey whiskey fever
Your my evil
Your my evil love
Whoa whoa whoa
Your my evil love

 

Novo álbum em breve

A banda lançou um novo single, Down to the Bottom, com a mesma pegada das outras. Creio que o próximo álbum será lançado em breve.

 

Quem curtiu dá para ouvir:

Spotifly | Soundcloud | Youtube

E acompanhá-las:

FacebookTwitterInstagram

 

Semana passada falei sobre a banda Baleia,leu? 🙂

Taiane Campos
Pode chamar de Tai, ninguém lembra do resto. Publicitária formada. Designer gráfico por paixão. Marqueteira pelo pão (de cada dia). Baixista que usa palheta

Comments

comments