#ChargeDaSemana: O veto aos burquínis nas praias francesas

A polêmica do veto aos burquínis na França tem rodado o mundo nos últimos dias. Vira e mexe alguma mulher é expulsa de uma praia ou obrigada a se despir e retirar as vestes que tampam seu corpo. A questão é: será que isso é certo? Todo mundo não deveria ter resguardado seu direito de ir e vir ou o direito de, se quiser, resguardar sua intimidade ou vestir o que a sua religião permite?

burkinifranca

O vice-prefeito de Nice, Rudy Salles, alegou à BBC que o veto aos trajes muçulmanos nas praias da cidade se tornou uma necessidade por razões de segurança. Mas há dois pesos e duas medidas: por que uma freira pode ir à praia completamente coberta, só por ser cristã?

E, afinal de contas, o que isso tem a ver com sua vida na terra do fio dental? Jovem, a regrinha do “meu corpo minhas regras” e do “eu me visto como eu quiser” vale no mundo todo. Se reclamam de roupa demais na França, berço da igualdade e fraternidade, cedo ou tarde a moda pode pegar no resto do mundo. Quando isso acontecer, enquanto uns reclamam de roupa demais por lá, outros podem reclamar de roupa de menos por aqui. Ou te policiar por usar crocks, por exemplo… Já imaginou o terror?

 

Everton Mamãe

Estudante de jornalismo pela UFV. Amante de botecos e festeiro por profissão. Dono de um terrível vício em desenhar.

Comments

comments

, , , , , , ,
Everton Mamãe

About Everton Mamãe

Estudante de jornalismo pela UFV. Amante de botecos e festeiro por profissão. Dono de um terrível vício em desenhar.
View all posts by Everton Mamãe →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.