#ChargeDaSemana: Trump e a relação do brasileiro com a política

Nos últimos dias vimos o avanço de Donald Trump na corrida presidencial americana e observamos as chances do político aumentarem cada vez mais. Há quem diga que o cara é o Bolsonaro dos Estados Unidos e polêmicas acerca do candidato não faltam. Apreensivos, observamos ele de longe, com medo de que o maluco possa ocupar o cargo de presidente de uma das nações mais poderosas do mundo e ferrar com nossa vida aqui, fechando o acesso aos EUA, criando problemas pra nossa economia, etc.

O problema é que antes de nos preocupar tanto com a política americana, talvez fosse melhor que nos ocupássemos com nossos próprios políticos. Daqui a três meses acontecem novas eleições para prefeito e vereador e boa parte – enorme parte – dos brasileiros simplesmente não se lembram em quem votaram da última vez. Prefeito e Vereador são pessoas essenciais na sua vida e podem influir diretamente nos seus problemas, aqui, pertinho de você. Antes de se preocupar com o Trump pense bem sobre como anda a sua cidade, sobre o que as pessoas colocadas pra cuidar das coisas por aí fizeram nos últimos anos. Três meses passam rapidinho e em breve teremos que eleger nossos representantes municipais, que tal escolher melhor dessa vez?

Lembrando que reclamar de política e de políticos, não adianta muito se você não tem um mínimo de participação e informação. A meu ver, não adianta se vestir de verde e amarelo pra brigar contra a corrupção ou mesmo sair por aí gritando “Fora Temer”, se você não procura saber o que acontece com os políticos perto de você. Opinião minha, claro, afinal vivemos em um país democrático e você pode escolher se participa da política ativamente ou se continua preocupado com o Trump.

Everton Mamãe

Estudante de jornalismo pela UFV. Amante de botecos e festeiro por profissão. Dono de um terrível vício em desenhar.

Comments

comments

, , , , , ,
Everton Mamãe

About Everton Mamãe

Estudante de jornalismo pela UFV. Amante de botecos e festeiro por profissão. Dono de um terrível vício em desenhar.
View all posts by Everton Mamãe →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.