Dez coisas que você PRECISA comer quando está em Rio Preto

Senta que lá vem a comida! Se você precisava de um guia definitivo para enviar praquele seu amigo que vem te visitar ou aquele que acabou de se mudar pra cá, eis aqui:

1- Linguiça cuiabana

A linguiça cuiabana® é uma das criações da região da década de 50. Ela vem de Paulo de Faria e tem até registro de marca. A linguiça mistura leite em sua composição e tem diversas variações: com queijo, legumes e até carnes diferentes. TODO churrasco rio-pretense tem uma e os bares de espeto também. Não deixe de provar, apesar de soar estranho oferecer uma “linguiça com leite e queijo”, tenho certeza que você vai amar.

2- Pastel de palmito amargo

Meu pastel favorito é de palmito amargo, às vezes mais conhecido como gueroba, guariroba, catolé, pati, etc. É amargo, muita gente não gosta, mas é SUPER comum. Saiba que é um dos mais pedidos no Mercadão da cidade e tem várias versões por aí, das cremosas às desfiadas em todo pasteleiro que se preze.

3- Docinhos de Schmidt

O interior tem um gostinho bem doce. Os cristalizados são tradição há décadas na nossa região, que ostenta diversas fábricas especializadas em transformar essas delícias em pequenas joias de sabor. Têm doces em calda, em barra, cremosos, e é famoso no Brasil inteiro. Em Engenheiro Schmidt ficam as fábricas mais famosas que distribuem lojas por toda Rio Preto, uma delas no Mercadão.

4 Coxinhas do Vila Dionísio

Eleita (por mim e por todo mundo) a MELHOR coxinha da cidade, o Bar Vila Dionísio recebe muita gente atrás dessas delícias crocantes por fora e cheias de catupiry por dentro. Você pode pedir sua porção no bar, comprar no food truck – que fica aberto do lado de fora – ou então ir até a recepção e pedir para viagem! Ah, agora tem coxinha de chocolate belga também!

5- Cupim casqueirado

costelaria_cupim

Originalmente de Araçatuba, onde acredita-se que a delícia foi criada e distribuída, o cupim casqueirado é muito comum em Rio Preto, tendo vários restaurantes especializados neste prato e outros que servem no cardápio. E o mais legal é que é servido quase sempre numa telha e tem vários acompanhamentos deliciosos!

6- Cachorro quente

cachorroquente_creditoandrepolvani

Pode parecer estranho para quem é de fora, mas, por aqui, comemos cachorro quente com molho à bolonhesa ou com frango desfiado no molho vermelho. Não somos loucos, é uma delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa. Qualquer carrinho de cachorro quente vai te perguntar “carne, frango ou misto?” É delicioso e te desafio a provar.

7- Pipocas Rio Preto

pipoca_creditoandrepolvani

100% natural, as pipoquinhas doces sempre estiveram presente na nossa infância dentro daqueles famosos saquinhos vermelhos. A fábrica mais antiga é a Pipoca Rio Preto, instalada por aqui desde 1985. Ela chega a produzir até 50 mil saquinhos/dia, de 20 ou 90 gramas e distribui por todo o interior paulista e outros estados. Cobrir ela de chocolate potencializa a delícia e é bem comum por aqui.

8- Garapa

Um dos maiores costumes é a garapa geladinha. Em qualquer esquina está lá, o caldo de cana delicioso e baratinho para aliviar o calor. Não se livra das brincadeiras relacionadas ao seu “poder calmante” pela quantidade de açúcar da bebida. Com limão, abacaxi ou pura, é uma delícia todo dia.

9- Tilápia

tilapia_creditoandrepolvani

A tilápia é uma das riquezas da região e sua produção por aqui é uma das maiores do país. Seis municípios do noroeste paulista compõem um dos maiores polos de piscicultura do estado, que fica próximo a Santa Fé do Sul.

Por isso, comer ela frita, assada ou em molho é comum! Sempre fresca e deliciosa!

10- Porcada

porcada_creditoandrepolvani

Há muitos anos, as delícias do porco são servidas em casas especializadas por aqui e tornaram-se tradição regional. As Porcadas carregam valores da nossa culinária há anos e servem saborosas porções como joelho de porco, torresmo e pedacinhos lombo, tudo acompanhado de mandioca para comer com palitinho mesmo. Atenção: prefira a sexta-feira para ir!

Natália Clementin

Jornalista, especialista em comunicação na internet, autora do Blog Conversas de Sabor e doutora em fazer as pessoas passarem vontade ou quererem morder a tela.

Comments

comments

, , , , ,
Natália Clementin

About Natália Clementin

Jornalista, especialista em comunicação na internet, autora do Blog Conversas de Sabor e doutora em fazer as pessoas passarem vontade ou quererem morder a tela.
View all posts by Natália Clementin →