Frutas Natalinas: muito além da uva passa #EspecialDeNatal

O Natal vem aí e junto com ele as frutas secas e as frescas, isso inclui a odiada por tantos e defendida por muitos: a uva passa. Mas além dessa personagem polêmicas das Ceias Natalinas, temos uma variedade imensa de frutas que protagonizam entradas, pratos principais e sobremesas.

Assim como um país culturalmente rico, também somos um país riquíssimo em frutas e no Natal, outras culturas nos emprestam suas riquezas. Como os pêssegos, originários da China e sul da Ásia, mas que chegaram ao Brasil e hoje são produzidos nos quatro cantos do país, conquistando os paladares mais exigentes. Assim como o figo, uma das frutas consumidas pelo homem desde a Antiguidade. Ameixas, uvas, romãs, lichias e tâmaras também entram nessa leva de frutas que fazem parte da nossa ceia. Entre as frutas típicas já conhecidas por nós, temos o abacaxi, a maçã, a manga, o morango e o kiwi. Todas democraticamente aceitas e incluídas nas mais diversas preparações culinárias, dos doces aos pratos principais, passando pelas bebidas.

Mudando das frutas para as castanhas, o Brasileiro é fã das oleaginosas e muitas são consumidas durante todo o ano, como forma de manter uma alimentação saudável e balanceada. No Natal, consumimos nozes, amêndoas, avelãs, castanha de caju e do Pará, além das deliciosas e suculentas castanhas portuguesas.
Independente do gosto de cada família, as frutas e castanhas se fazem presentes nas mesas natalinas e embora as uvas passas sejam tão odiadas nas redes sociais, cada um desses alimentos representa um traço da nossa brasilidade, construída pelas riquezas herdadas pelos povos que hoje chamamos de irmãos.
Sem ódio com a vovó na hora que ela servir arroz com uva passa e boa ceia, afinal, a cultura de um povo está ligada à sua comida.
Mariana Nogueira

Chef por formação, Social Media por destino e colecionadora de aprendizados. Acredita que a vida só faz sentido se tiver o nosso tempero.

Comments

comments

, , ,
Mariana Nogueira

About Mariana Nogueira

Chef por formação, Social Media por destino e colecionadora de aprendizados. Acredita que a vida só faz sentido se tiver o nosso tempero.
View all posts by Mariana Nogueira →