Happy New Beer

É, queridos, mais um ano está chegando ao fim. E apesar de ser um momento de reflexão e planejamento para o próximo ano, segue aqui um conselho: deixe para lá o que passou e não lamente. Viva o hoje e não perca tempo com brejas ruins. Fique de olho no Tipzine toda sexta e seja feliz!

Tire suas mãos desse frisante de quinta que você insiste em beber. Se é pra começar o ano direito, comece investindo naquilo que você põe pra dentro.

Vamos agora salvar seu Réveillon com…

CERVEJAS ESTILO CHAMPENOISE

O uso da técnica champenoise na produção de cerveja é recente. Na ânsia de aumentar ainda mais o leque de estilos e desbravar novos sabores e aromas é que o processo do champagne foi aplicado.

A cerveja champenoise passa pelo processo tradicional de fermentação e maturação, no entanto, ela passa ainda por uma segunda fermentação, que ocorre dentro da garrafa. Estes recipientes ficam descansando em caves por cerca de nove meses. Tal processo provoca o aumento da liberação de gás carbônico, resultando no aumento da carbonatação.

Principais cervejas do estilo:

DeuS

Esta cerveja é produzida pela cervejaria Bosteels, na Bélgica. Depois de pronta, ela segue para a França, onde passa pelo processo de champenoise, sendo submetida a uma segunda fermentação.

 

 

Malheur

Na mesma linha vem as cervejas Malheur, que são todas Ales (alta fermentação) e refermentadas na garrafa, onde os fermentos continuam vivos após o engarrafamento, o que possibilita que seus sabores evoluam com o tempo. Além disso, são produzidas através da utilização de flores de lúpulo in natura.

 

Eisenbahn Lust

No Brasil, há duas cervejarias que fazem rótulos nesse molde: Eisenbahn e Wäls. A primeira marca nasceu em 2002, em Blumenau, na Cervejaria Sudbrack, com três estilos de chope: o Pilsen, o Dunkel e o Pale Ale. Em 2006, foi lançada a Eisenbahn Lust, produzida pelo método de Champagne, sendo a terceira no mundo e a única no Brasil. Depois da fermentação e maturação normal dentro da cervejaria, o líquido é enviado para uma vinícola, onde fica por três meses e passa pelo processo de produção de Champanhe. A Lust Prestige, outro rótulo Champenoise, fica um ano no processo de maturação.

Wäls

Já a cervejaria mineira Wäls começou suas atividades em 1999, próxima da região turística da Pampulha em Belo Horizonte, Minas Gerais. A Wäls Brut, lançada no ano passado, surgiu de uma aposta entre os irmãos Jose Felipe e Tiago Carneiro de produzir uma cerveja inspirada nas belgas Biére Brut. Os irmãos decidiram, então, fazer na cervejaria todo o processo do método Champenoise, a remuage por 45 dias e o dégorgement (retirada do fermento) manual. A receita tem como base outra cerveja da marca, a Wäls Tripel, também de inspiração belga. A Wäls Brut leva nove meses para ficar pronta e são produzidas apenas 200 garrafas por ano.

Agora é só você escolher uma cerveja e curtir a chegada do ano novo!

Prost!

Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas

Comments

comments

, , ,
Daiane Oliveira

About Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas
View all posts by Daiane Oliveira →