Maquiagem sem regras, autoestima e liberdade de expressão

Foto: Ricardo Ferreira | Maquiagem: Bianca Binegro | Modelo: Ana Duarte | Tema: Empoderamento da Mulher

Quanto mais o tempo passa, mais eu me convenço de que a aceitação de si mesmo e a liberdade de expressão são coisas importantíssimas a serem cultivadas.

Trabalhando na área de maquiagem/beleza, vivo falando muito sobre isso com as pessoas, acabo prestando atenção em como elas tem dúvidas e, na maioria das vezes, são envolvendo alguma regra de maquiagem que nem sabemos quem inventou, só sabemos que estão lá.

Isso era a coisa que menos deveria acontecer, principalmente se tratando de maquiagem que, para mim, é ligada diretamente ao empoderamento feminino e nos possibilita a incrível façanha de nos transformarmos no que quisermos, sem regras. Apenas sendo nós mesmas. Amor próprio é algo que deve ser sempre exercitado dentro de nós. Não deixe isso virar um clichê, isso tem que ser uma verdade – e tem que ser vivenciada.

Usar a maquiagem à nosso favor, manifestando o nosso próprio estilo e atitude. Se ficarmos pensando no que NÃO PODEMOS FAZER, vamos nos limitar e perder a oportunidade de aproveitar uma das melhores coisas que a maquiagem traz: autoestima.

Vocês devem estar se perguntando: “mas aceitação e autoestima não é gostar de si mesma naturalmente e sem maquiagem?” Sim, claro. É  maravilhoso aceitar como somos. Inclusive, é necessário. Mas o ponto que eu quero chegar aqui é como a maquiagem pode mudar a forma como uma pessoa se vê. Eu trabalhei em projetos voluntários maquiando pessoas em escolas e casas de repouso para idosos e, sinceramente, é muito gratificante quando você termina de maquiar uma pessoa e ela se sente melhor do que estava antes. Não que ela não seja bonita naturalmente e que precise se apoiar na maquiagem para se sentir bela, mas saber que você tem uma ferramenta em mãos que pode usar a seu favor todos os dias para se sentir melhor consigo mesma e, ao final do dia, tirar tudo aquilo e se olhar no espelho sabendo que no dia seguinte pode fazer tudo novamente. O importante é ser feliz. Sempre.

Infelizmente, algumas pessoas ainda ligam maquiagem a futilidade e falta de amor próprio. Com certeza é um equívoco.

Maquiadora Karina Aletto, maquiando a Jussara que tem Vitiligo:

 

O universo da maquiagem também já deixou de servir apenas as mulheres há muito tempo. Ele vem sendo explorado por homens de forma fortíssima nos últimos tempos e podemos ver isso com o número de canais no YouTube destinado ao público que pesquisa tutoriais de make na internet. Um exemplo é o canal do Manny Gutierrez, que foi, inclusive, escolhido para ser garoto propaganda da Maybelline, uma das marcas de maquiagem mais famosas do mundo. E essa é a primeira vez que uma marca de maquiagem tem um representante masculino.

Quebre as regras e siga o baile:

Uma das maiores besteiras que eu escuto é: “Make para o dia”, “Make para a noite”, isso não existe! Já fui em casamentos com uma maquiagem super “nada” e fui trabalhar com delineador e batom escuro. Pode usar tons escuros de dia e tons claros à noite. Aliás, o tabu em torno do período diurno é o que mais tem.

Pode usar sombra brilhosa ou cintilante de dia sim! Blush e contorno também. Inclusive, se quiser abolir o contorno da sua vida, pode ficar à vontade, ele não é obrigatório e totalmente dispensável. O formato do seu rosto é aceitável de qualquer forma.

Olhos pequenos não podem usar sombra escura? Pode, inclusive preta.

Outra coisa muito comum é ver pessoas falando “Olho tudo, boca nada”, “Boca tudo, olho nada”… Esqueça! Pode usar make com destaque nos olhos e boca ao mesmo tempo.

É claro que dosagem é importante, tudo em exagero é ruim (isso se aplica a tudo na vida). Uma vez falei sobre isso com uma colega e a primeira reação dela foi: – “Ah, make não tem regras, então posso sair igual palhaça na rua?”. Depende, você vai gostar de parecer assim? É claro que não.

Maquiagem é melhor quando é usada para realçar a sua beleza natural. Quando falamos em quebrar regras de make, são aquelas que te limitam e te impedem de usar algo que você gosta. Isso é o cúmulo. Como dito anteriormente: maquiagem é liberdade de expressão.

Rihanna, sendo a melhor pessoa e usando todas as cores de batom possíveis.

Maquiar é descobrir-se, conhecer seu rosto, seu estilo e trazer a maquiagem para dentro disso. O importante é seguir o seu gosto, sua necessidade.

Siga fazendo o que te der vontade, não importa se você quer sair de cara lavada ou passar batom vermelho para ir até a padaria. Só seja você mesmo 🙂

Thaline Correa
Pedagoga por formação, mas trabalha na área de tecnologia. 25 anos. Apaixonada por maquiagem e com muita vontade de dividir isso

Comments

comments

About the Author

Thaline Correa
Thaline Correa
Pedagoga por formação, mas trabalha na área de tecnologia. 25 anos. Apaixonada por maquiagem e com muita vontade de dividir isso