Meu caso de amor é comigo

Já vivi sozinha e acompanhada. Em algumas relações, estive mais sozinha do que quando meu status era de solteira, já me dediquei demais sem receber nada em troca, já me anulei e tentei me moldar a alguém.

De tudo isso, percebi que me afastava cada dia mais de mim e, consequentemente, do outro. Nunca me tornei o que esperavam, sempre era muito ou pouco. Sempre quando tentei agradar, deu errado – de alguma forma, momento errado ou pessoa errada.

Ao final de todas essas relações, ficava eu e eu, com os pedaços que deixaram para eu me reconstruir, sozinha.

Fui percebendo que a cada pessoa que ia embora, me machucava menos, me deixava machucar menos, porque a cada final era só eu comigo mesma de novo e de novo. Fui ficando calejada.

Resolvi mudar minha forma de viver, decidi não negociar a minha essência, por mais interessante que alguém possa ser, estou acostumada com todos irem embora e não quero recolher mais nenhum pedaço meu por quem quer que seja.

Não vou me blindar, muito menos não me permitir se apaixonar, isso é besteira, a vida é curta e nunca sabemos quando ela acabará para nós, espero ter dado todos os beijos apaixonados que quis dar.

Não quero uma vida sem paixão, apenas coloquei ante salas no meu coração, antes nem recepção tinha, já entravam direto e bagunçaram tanto que eu nem reconhecia o lugar; hoje não. Hoje o caminho até lá é mais longo e tem que se mostrar merecedor, já perdi tempo demais arrumando tudo isso e dá trabalho.

Hoje a maioria não passa da fase dois, mas vale a pena, cada pessoa é única, cada momento é único. Se o que pudermos trocar durante toda a vida for uma cerveja em uma quinta a noite, já terá valido a pena se você me fizer sorrir de verdade por um momento. Nada é feito para durar, não precisa ser para sempre, só precisar valer o tempo, porque esse não volta.

Estou cuidando da única relação que vai durar a vida inteira, a minha comigo mesma, as outras eu espero que durem, mas se em algum momento você se for, sei que vou dar conta da bagunça e de mim.

Caroline Carvalho

Estudante de letras, troco salgado por doce, tentando ser fitness, amo gatos, livros e Netflix. Canceriana.

Comments

comments

About the Author

Caroline Carvalho
Caroline Carvalho

Estudante de letras, troco salgado por doce, tentando ser fitness, amo gatos, livros e Netflix. Canceriana.