O líder Corinthians preza pela competência para vencer seus jogos

Clayton e Jô marcaram na vitória diante do Vasco no Rio de Janeiro (FOTO: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Enfrentar o Corinthians não tem sido fácil. O Vasco que o diga. O cruzmaltino foi a 18ª vítima do Timão no ano. A vitória nesta quarta-feira (7) jogando em São Januário exemplificou bem como a equipe comandada por Fábio Carille vem jogando: disciplina tática, organização defensiva e muita competência no ataque. O resultado foi um 5 a 2 fora de casa, jogo com o maior número de gols marcados pelo alvinegro em 2017.

Ao todo, foram 32 jogos no ano com 18 vitórias, 12 empates e apenas duas derrotas. No Brasileirão, são 13 pontos conquistados de 15 em disputa, aproveitamento de 83%. Para se ter uma ideia, quando foi campeão em 2011, o alvinegro conquistou sete pontos no mesmo período, e 11 em 2015, ano da última conquista.

Fábio Carille é o comandante do líder do Brasileirão (FOTO: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Uma das características que marcam a equipe de Fábio Carille é a entrega física e defensiva. Na base da compensação – um jogador cobre o outro fora da posição – e da disciplina tática (compactação quando o adversário tem a bola), são 18 gols sofridos, apenas três no Brasileirão – um contra a Chapecoense e dois contra o Vasco. Contra o cruzmaltino, aliás, a equipe alvinegra viveu um dos raros momentos de pressão excessiva na temporada. Depois dos gols relâmpagos marcados por Luis Fabiano, o Timão sentiu o golpe. Porém, com o gol de Maycon, voltou a dar tranquilidade e confiança ao alvinegro.

Ainda sobre a vitória em São Januário, o alvinegro mostrou uma outra face do trabalho mostrado por Fábio Carille. Além de ser um time competente defensivamente, o Corinthians também tem sido cirúrgico quando chega ao ataque. Foram apenas dez finalizações contra 24 dos cariocas. Porém, o Timão marcou cinco gols, mostrando ótimo aproveitamento. Um dos pilares do ataque,  exemplifica a boa fase corintiana nas estatísticas. Artilheiro do time no Brasileirão com quatro gols, o centroavante precisou de apenas seis finalizações em cinco jogos para balançar as redes.

Jô comemora o seu 4º gol em cinco jogos no Brasileirão (FOTO: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Campeonato Brasileiro ainda está no início. No entanto, a boa fase corintiana vem desde o começo da temporada, ainda que a desconfiança pairasse sobre o trabalho de Fábio Carille. Os resultados no começo da competição dão moral ao alvinegro e colocam o Timão entre os favoritos ao título na base da disciplina, coletividade e competência.

 

André Bastos
André Bastos (ou Dezão), 22 anos. Formado em Jornalismo e amante de esportes. Ama tanto que vai comentar sobre eles. Dicas, dúvidas e críticas serão aceitas.

Comments

comments

About the Author

André Bastos
André Bastos
André Bastos (ou Dezão), 22 anos. Formado em Jornalismo e amante de esportes. Ama tanto que vai comentar sobre eles. Dicas, dúvidas e críticas serão aceitas.