Os 10 melhores episódios de GOT para você maratonar

[SPOILER ALERT]

É, amigos, dentro de seis dias estaremos contemplando a sétima e aguardadíssima temporada de Game of Thrones. A nova season sofreu um atraso em relação à estreia das temporadas anteriores, que vieram ao ar entre março e abril dos anos correspondentes. Este atraso se deve à questões climáticas envolvendo os diferentes cenários usados nas gravações, que necessariamente precisariam estar no inverno para a produção do show.

Mas a espera finalmente está chegando ao fim! Para não te deixar nessa angústia, nós separamos os 10 melhores episódios até agora para você maratonar. E para não termos que escolher partidos, nossa lista segue em ordem cronológica dos episódios:

Baelor
Nono episódio da 1º temporada:

Não é preciso dizer muito sobre o primeiro item da nossa lista, não é mesmo? Em Baelor, Ned Stark perde sua cabeça e Game of Thrones entrega sua ousadia e intensidade, estabelecendo a visão que o público tem da série. A espada trespassando o pescoço de Ned sem dúvidas leva junto pelo menos a metade dos corações dos espectadores. Em outro lado da história, Robb Stark faz sua aliança grotesca com Walder Frey enquanto Daenerys perde seu filho após tentar salvar Khal Drogo com magia negra.

Blackwater 
Nono episódio da 2ª temporada:

Ah, a Batalha de Água Negra e origem da cicatriz de Tyrion, simplesmente fenomenal. A criação do fogo vivo, grande arma usada contra a invasão de Stannis Baratheon. Cersei está disposta a matar seu próprio filho e cometer suicídio temendo a derrota iminente. Nessa temporada, diversos personagens lutam pelo trono de ferro enquanto o público não possui um herói nato para idolatrar. Neste episódio, é chegada a vez de Tyrion receber o destaque que merece, quando coloca em prática um plano altamente perigoso para acabar com os navios que atacam Porto Real.

And now his watch is ended
Quarto episódio da 3ª temporada:

Jaime Lannister finalmente está sem a mão e é obrigado a viajar com ela decepada em seu pescoço. Margaery Tyrell começa seu jogo de manipulação para se tornar rainha, o que já incomoda muito Cersei Lannister. Mormont, Senhor Comandante da Patrulha da Noite, é morto durante um motim. Além, claro, da musa máxima, proprietária na empresa Westeros, Daenerys, escapando em Astapor com seu exército de oito mil Imaculados e, finalmente, seus dragões em cena. DRACARYS!

The rains of Castamere
Nono episódio da 3ª temporada:

Claro, como poderia faltar, né? O tal do Casamento Vermelho definitivamente está na lista de um dos momentos mais marcantes e sangrentos da história da televisão. O público reage horrorizado até hoje ao massacre deste episódio, que foi ponto crucial na decisão de adaptar As Crônicas de Gelo e Fogo para televisão. Sem dúvidas é um daqueles episódios que lembram os espectadores de como a série funciona, quando o não casamento entre Robb Stark e uma das herdeiras de Walder Frey acaba em um poético massacre.

The Lion and the Rose 
Segundo episódio da 4ª temporada:

Enfim a tão aguardada morte do Rei Joffrey. Que episódio digno de glória, amigos! Os diretores não poderiam ter escolhido um ângulo melhor para mostrar toda a agonia na morte do jovem Lannister, que morre envenenado nos braços da mãe depois de destilar outras várias doses de veneno ao seu tio Tyrion. Também conhecido como O casamento Púrpura, o enlace apresenta a união entre Margaery Tyrell e Joffrey Lannister. O malicioso plano, apesar de cair diretamente nas costas de Tyrion foi cuidadosamente articulado por Olenna Tyrell, Lorde Varys e, claro, Mindinho.

The Mountain and the Viper
Oitavo episódio da 4ª temporada:

EU EXIJO UM JULGAMENTO POR COMBATE!
Mas é claro que esse episódio também não poderia ficar fora dessa lista. Finalmente, Oberyn Martell enfrenta Gregor “Montanha” Clegane em nome do julgamento de Tyrion Lannister sobre a morte do jovem Rei Joffrey. Em uma luta digna da série e de toda a sua glória, o público chega a se iludir com um possível resultado agradável, até que o show surpreende mais uma vez e Oberyn acaba pagando um preço muito caro por falar demais. É também neste episódio que Daenerys descobre a traição de Jorah.

The Children
Décimo episódio da 4ª temporada:

Stannis Baratheon chega com seu exército à grande Muralha prontos para salvar Jon Snow e a Patrulha da Noite. Daenerys acorrenta Viserion e Rhaegal (dois dos três dragões) no subsolo da base da pirâmide em Astapor. Tyrion é libertado por Jaime e protagoniza uma excelente cena quando assassina Shae e depois seu pai, Tywin Lannister, no banheiro. Mas nada disso tem relevância quando lembramos que é nesse episódio a épica batalha entre o Cão de Caça e Brienne de Tarth, responsável por encerrar talvez a melhor temporada do show até hoje. Isso tudo sem contarmos também sobre a grande evolução na personagem de Arya Stark que se recusa a matar o Cão de Caça e acabar com seu sofrimento, e parte em direção à Braavos.

Hardhome
Oitavo episódio da 5ª temporada:

Enfim o retorno dos Caminhantes Brancos e não poderia ser em melhor estilo. 20 minutos insanos de morto vivos na Terra dos Selvagens, o que também solidifica a posição de Jon Snow como herói da série, não só provando que sua estratégia de união de grupos estava correta, como reforça a ideia de que ele está sempre pronto para a ação. Hardhome também marca a separação da série quanto aos livros, uma vez que a saga literária ainda não foi completamente lançada.

Battle of the Bastards 
Nono episódio da 6ª temporada:

Particularmente, o melhor e mais épico episódio da série, sem dúvidas. Com uma batalha intensa e altamente ambiciosa, com uma computação gráfica inacreditável e edição digna de cinema. A batalha dos bastardos traz o embate entre Jon Snow e Ramsay Bolton, quando o exército de Jon é colocado à prova enquanto tenta tomar de volta Winterfell a qualquer custo. A luta termina com Sansa Stark chegando gloriosa para salvar seu irmão com a ajuda de Mindinho, e mostra grande evolução de personagem quando termina com a nossa garotinha Sansa oferecendo Ramsay para ser comido vivo pelos seus próprios cachorros. O episódio apresenta grandes vitórias não só para Jon, mas também para Daenerys, que retoma o controle total de seus dragões e volta para Meereen.

The Winds of Winter
Décimo episódio da 6ª temporada:

O episódio final da sexta temporada finalmente coloca um fim a linha narrativa que já durava duas temporadas e começava a cansar o público. I CHOOSE VIOLENCE! Cersei Lannister elimina praticamente toda a corte de Porto Real, incluindo, infelizmente, seu último filho vivo, Tommen, e finalmente pode se sentar, gloriosa, no almejado trono de ferro com Qyburn ao seu lado como Mão-do-rei. Em outro polo, Daenerys finalmente parte em direção a Westeros com o maior exército que já teve ao seu poder, somando seus Imaculados ao exército Dothraki. Além de tudo isso, o episódio também encerra o arco narrativo de Arya Stark, que finalmente mata Walder Frey e vinga a morte de seu irmão Robb e sua mãe Caethlyn.

_

E aí, ajudou ou aumentou a ansiedade com essa listinha? Vocês já prepararam o cobertor e a geladeira para domingo? Conta aí pra gente qual o seu episódio favorito!
Para não perder o costume, confira o trailer da sétima temporada que será lançada no próximo domingo, 16 de julho:

 

Jôicy Franco
Social Media, 24 invernos.
Basicamente um desenho animado tentando sobreviver no mundo real.

Comments

comments