Outubro Rosa: às guerreiras!

É de conhecimento da maioria das pessoas – ao menos das que estão conectadas às redes sociais e, consequentemente, lendo este artigo – que neste mês é celebrado no mundo todo o Outubro Rosa.

O movimento, denominado “Outubro Rosa”, teve início em 1997, nos Estados Unidos, quando entidades das cidades de Yuba e Lodi começaram a organizar atividades voltadas à prevenção e descoberta precoce do câncer de mama. No entanto, o nome foi inspirado em outro evento que ocorreu anos antes, em 1990, na cidade de Nova Iorque, denominado Corrida Pela Cura, que distribuiu laços cor de rosa para os participantes.

No Brasil, passou-se a comemorar a data a partir de 2002, ano em que a primeira ação partiu de uma conceituada empresa de cosméticos iluminando o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, para lembrar às mulheres a importância do autoexame e do diagnóstico precoce no combate à doença.

A iluminação pública é uma das principais formas que as instituições, governamentais ou privadas, utilizam para comemorar o mês de outubro, sendo, hoje, reconhecida em qualquer lugar do mundo como símbolo da causa.

Portanto, para celebrar o Outubro Rosa, decidimos selecionar cinco importantes artistas que venceram a batalha contra o câncer de mama.

 

Sheryl Crow

A cantora foi diagnosticada com câncer de mama em 2006 e, após ser submetida à uma cirurgia e algumas sessões de quimioterapia, venceu a batalha. Seis anos depois, Sheryl descobriu também um tumor benigno no cérebro.

 

Melissa Etheridge

A roqueira norte-americana descobriu o câncer de mama no estágio inicial e, após algumas sessões de quimioterapia, conseguiu se ver livre da doença. Melissa chocou o mundo ao se apresentar no Grammy, junto à cantora Joss Stone, totalmente careca.

 

Marsha Hunt

A cantora de soul music, por conta da indecisão de qual tratamento seguir, viu a doença avançar e teve que se submeter à remoção total dos seios,e optando por não colocar silicone após o procedimento.

 

Peter Criss (Kiss)

Não, você não está lendo errado. O câncer de mama, nesses casos, é raro, porém, também atinge aos homens.  Peter descobriu a doença em 2008 e conseguiu se curar no mesmo ano. O câncer de mama em homens corresponde a menos do que 1% do total dessa doença.

 

Kylie Minogue

A cantora australiana descobriu o tumor no seio esquerdo em 2005. Passou por sessões de mastectomia, radioterapia e quimioterapia até se curar.

A conscientização sobre o assunto é importante é pode salvar vidas. Então, acesse, leia e divulgue: outubrorosa.org.br.

Danilo Ruffus

Jornalista, fadigado e resmungão. Sofre da síndrome do underground, acredita no apocalipse zumbi e ainda brinca de ter banda de rock.

Comments

comments

About the Author

Danilo Ruffus
Danilo Ruffus

Jornalista, fadigado e resmungão. Sofre da síndrome do underground, acredita no apocalipse zumbi e ainda brinca de ter banda de rock.