Pode ser que o Eminem seja um cara legal

O rapper Eminem conquistou notoriedade no mundo da música colecionando desafetos e isso talvez não seja novidade para ninguém.

São muitas inimizades que ele colecionou no mundo da música durante a sua carreira, e, infelizmente, a maior parte dessa lista é composta por mulheres, demonstrando o viés machista não só do indivíduo, como de todo o meio que por anos o aceitou falando tais barbaridades.

O cantor, que no começo da carreira fazia comentários misóginos contra as cantoras Britney Spears e Christina Aguilera, em algumas ocasiões mirava a sua metralhadora de ofensas e atacava o máximo de pessoas e grupos possíveis, como é possível presenciar em um único verso da música The Real Slim Shady:

“Will Smith não tem que falar palavrões pra vender discos. Bom, eu tenho, então foda-se ele, e foda-se você também. Você acha que eu ligo por causa de um Grammy?

Metade desses críticos nem me aguentam, muito menos eu perto deles. ‘Mas Slim, e se você ganhar, não seria esquisito?’ Por quê? Só pra vocês mentirem pra eu chegar até aqui? Pra vocês me sentarem perto da Britney Spears? Porra, Christina Aguilera, melhor mudar os assentos, para que possa sentar ao lado do Carson Daly e Fred Durst e ouvir eles discutindo sobre pra quem ela deu primeiro. Sua putinha, falou merda de mim na MTV.

‘É, ele é bonitinho, mas acho que ele está casado com a Kim, hihi!’

Eu deveria baixar o áudio dela em MP3 e mostrar para o mundo como ela passou uma doença venérea pro Eminem (AHH!). Estou de saco cheio dessas bandinhas de garotos e garotas, vocês só me irritam.

Então eu tenho N’SYNC aqui pra destruir vocês, e tem um milhão de pessoas como eu, que falam palavrões como eu, que estão pouco se lixando como eu, que se vestem como eu, andam, falam e agem que como e pode ser a próxima melhor coisa mas não como eu”

rapper também já ameaçou a cantora Lana Del Rey em um freestyle gravado para divulgar uma coletânea. Na ocasião, Eminem disse:

Eu posso lutar pelos direitos dos gays, especialmente se as machorras forem mais atraentes que Janay Rice. Eu vou socar a cara de Lana Del Rey duas vezes como Ray Rice, em plena luz do dia e vigilância do elevador, até ela bater a cabeça no corrimão e depois comemorar com os corvos“.

Além dos artistas citados, fazem parte da lista de inimizades do cantor: Lady Gaga, Miley Cirus, Lindsey Lohan, Moby, Michael Jackson e o próprio Fred Durst, que recentemente foi eleito pela Rolling Stone americana como a personalidade mais babaca do rock.

É necessário sermos justos e admitir que o mundo passa por uma profunda transformação; enxergar que há pouco mais de uma década não era o fim do mundo agir de forma idiota, muita gente ganhou muito dinheiro com piadas, músicas ou qualquer outra coisa no meio artístico com um pensamento de natureza racista, homofóbico e machista. Graças a Deus o mundo evoluiu, não é mesmo?

Mas será que o rapper realmente está mudando?

Recentemente, Eminem soltou o verbo contra o presidente norte-americano Donald Trump. Em um freestyle pré-gravado chamado The Storm, o cantor cita o porquê o chefe de estado americano é o maior erro de todos os tempos.

Sobre a ameaça de Guerra Nuclear com a Coreia do Norte ele diz:

É melhor a gente saudar o Obama
Porque o que temos agora no gabinete é um kamikaze
Que provavelmente vai causar um holocausto nuclear.

Sobre as recentes tragédias, como os ataques à mão armada que ocorreram nos Estados Unidos, Eminem ataca a omissão de Trump:

Enquanto o drama surge
Ele espera a poeira baixar e enche o tanque do avião para ficar voando esperando o bombardeio passar.

O rapper também ataca o presidente quando fala sobre o avanço da extrema-direita no Estados Unidos, citando o caso de Charlotesville:

Só no racismo ele faz parte do Quarteto Fantástico
Ele resolve tudo à força e é laranja
É, bronzeado animal

E encerra dando o veredito sobre quem apoia o presidente e mesmo assim é seu fã:

Assim como ele na política, estou usando os truques dele
Vou ficar martelando nisso até colar
E qualquer fã meu que seja apoiador dele
Estou traçando aqui a linha, ou você é a favor, ou é contra
E se não consegue decidir de quem gosta mais e está dividido
Sobre quem deveria apoiar, eu decido por vocês:
Vão se foder!

O último single do cantor parece consolidar essa nova fase mais limpa e sincera. A música se inicia com um refrão absurdo – tanto em melodia quanto em sinceridade na letra -, nele, Beyoncé diz:

Eu ando sobre a água, mas não sou Jesus. Eu ando sobre a água, mas só quando congela (porra)

O restante da música, por mais irônico que seja afirmar isso sobre uma música de rap, Eminem praticamente se revê como pessoa, como artista e justifica muito dos seus erros passados, dando a entender que pretende construir um novo caminho dentro de sua carreira.

É verdade, eu sou um cubo mágico. Uma bela bagunça, às vezes, infantil, sim… Eu vou e eu juro. Um humano falho, eu acho. Mas estou fazendo o meu melhor para não arruinar suas expectativas e arruiná-los. (Eminem – Walk on Water)

Pode ser prematuro afirmar, mas no fundo Eminem parece ser um cara legal, ou ao menos está tentando se tornar.

Danilo Ruffus

Jornalista, fadigado e resmungão. Sofre da síndrome do underground, acredita no apocalipse zumbi e ainda brinca de ter banda de rock.

Comments

comments

About the Author

Danilo Ruffus
Danilo Ruffus

Jornalista, fadigado e resmungão. Sofre da síndrome do underground, acredita no apocalipse zumbi e ainda brinca de ter banda de rock.