The Money Belt!

No último sábado (26), aconteceu a luta mais aguardada do ano, onde tivemos o embate não só de estilos, mas de esportes distintos. Representante da nobre arte do boxe, tivemos o multi-campeão Floyd Mayweather. Do outro lado, representando o MMA, Conor McGregor.

A luta movimentou nada mais nada menos que um bilhão e 900 milhões de reais. Possivelmente demorará muitos anos para que algum outro combate se equipare a esse financeiramente e em questões de marketing. Foram vários meses com uma divulgação intensa em todo o mundo contando com uma turnê de entrevistas coletivas. O resultado disso tudo foi uma luta foi assistida em 200 países.

Muito do sucesso devemos ao carisma e ao poder de autopromoção dos lutadores: Floyd sempre ressaltando sua fortuna e McGregor apelando para seu trash talk tradicional, falando o máximo de besteira em um curto espaço de tempo. O embateu envolveu um contrato por parte de Floyd, que o protegeria em caso de golpes ilegais no boxe de seu oponente com uma multa gigantesca.  Os tamanhos das luvas também chamaram a atenção, pois eram de apenas oito onças, quando que em lutas normais ela varia de dez no boxe e quatro no MMA.

McGregor simplesmente parou duas categorias do UFC – das quais é campeão – para se dedicar a este combate. Focou de tal forma, que convidou lutadores profissionais e teve como sparring um ex-campeão mundial de boxe, lutador que causou muita polêmica alegando que nocauteou o irlandês em um treino, tudo negado pela equipe de McGregor.

Mayweather, já com 40 anos, abandonou sua aposentadoria para uma última luta e se dedicou para o combate como se fosse o mais importante de sua vida, tanto que no dia da pesagem oficial apareceu com um preparo extraordinário para a idade e para alguém que estava há dois anos parado.

Para a luta, foi preparado um cinturão especial feito em couro de crocodilo, cravejado com 3.300 pedras preciosas.

Quanto ao combate, diferente do que apontava as casas de aposta e grande parte da mídia especializada, Conor conseguiu se impor durante os quatro rounds inicias, sempre contabilizando bons golpes e com muita movimentação. Porém, a partir do quinto round, o cansaço apareceu para o irlandês e Money conseguiu crescer e dominar a luta com toda sua técnica e classe, sempre batendo de forma contundente e com a esquiva em dia como sempre em sua carreira. Mayweather conseguiu, aos poucos, minar o gás de McGregor, atingindo-o sempre na linha de cinturão. No décimo round, não deu mais para o irlandês resistir. Após uma boa combinação de Floyd, o árbitro interrompeu a luta contabilizando um nocaute técnico contra McGregor.

Mesmo tomando uma verdadeira surra nos últimos rounds do combate, o irlandês tem do que se orgulhar: ele acertou mais golpes em Floyd do que o outro mega lutador de boxe Pacquiao e os desafiantes Cotto e Mosley. Claro que devemos levar em consideração que em outros combates Floyd foi muito menos agressivo, mas para uma estreia no boxe profissional, contra um dos maiores da história no esporte, Conor se saiu muito bem e teria futuro no esporte se resolvesse investir.

Acima de tudo, a luta serviu para provar, mais uma vez, porque o irlandês é o queridinho do UFC, movimentando muito dinheiro, quebrando recordes de vendas de pay-per-view e, acima de tudo, deixando o coração em cima do ringue.

E como o próprio Mayweather disse alguns dias antes da luta: “- Não há perdedor nessa luta. Quando você está ganhando esse tanto de dinheiro, não há perdedor.”

Veremos agora qual o próximo passo que Conor irá tomar. Independente de qual, uma coisa é certa: a grande mídia e o dinheiro irão segui-lo.

 

Vitor Felipe
Vitor Felipe, também conhecido como Vitão. Publicitário formado, apaixonado e praticante de esportes, com uma quedinha extra pelos esporte de combate. Estarei com vocês todas as semanas para trazer as novidades sobre o mundo das lutas em especial o MMA.

Comments

comments

About the Author

Vitor Felipe
Vitor Felipe
Vitor Felipe, também conhecido como Vitão. Publicitário formado, apaixonado e praticante de esportes, com uma quedinha extra pelos esporte de combate. Estarei com vocês todas as semanas para trazer as novidades sobre o mundo das lutas em especial o MMA.