Receita: 3 caldos para aquecer seu coração!

Salve, meninada sadia!

O inverno tá aí, você tá batendo os dentes e andando pela casa com aquela meia zoada e grossa, mas que é a única que consegue te aquecer.

Agora se imagine todo empacotado em cobertores, Netflix bombando e um caldinho bem quente e saboroso!

Pois bem, comece a me amar porque vim para realizar seu sonho! Vou ensinar trêêês caldos!

O primeiro deles é meu favorito: Veloutè de cabotiá com leite de coco e camarões.

(Foto: Arquivo pessoal – Bruno Evangelisti)

O nome é por conta da textura do caldo, que lembra um veludo.

Ingredientes (5 pessoas):

  • 1kg de camarão rosa M ou G (com casca e cabeça)
  • 500g de abóbora cabotiá
  • 150ml de leite de coco
  • 1/2 pimenta dedo-de-moça
  • Uma colher de café de cominho
  • Cebolinha
  • 2 dentes de alho
  • 1/4 de uma cebola
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • 200g de manteiga
  • Uma folha de louro
  • 150ml de vinho branco

Preparo:

  • Numa panela, derreta a manteiga até chegar em um ponto que chamamos de noisette, que é quando ela está marrom clara e espumando. Refogue o alho e a cebola; quando estiverem quase dourados, adicione as cascas e cabeças de camarão, uma folha de louro, pimenta dedo-de-moça, cominho e refogue bastante. Quando o cheiro da refoga estiver bem perfumado, adicione o vinho branco e desgrude o fundo. Deixe evaporar até que suma o cheiro de álcool, adicione 500ml de água e deixe reduzir até a metade. Coe e reserve.
  • Em outra panela, adicione a cabotiá e o caldo, deixe cozinhar até estar macia. Acerte o sal, pimenta do reino e liquidifique.
  • Volte para a panela e adicione os camarões crus (se forem muito grandes, corte-os ao meio) para cozinharem no próprio caldo.
  • Quando os camarões estiverem cozidos, após cerca de dois minutos, adicione o leite de coco, cebolinha picada e sirva bem quente.

 

O próximo caldo tem um preparo um pouco mais demorado, chama-se dashi. É um caldo japonês de sabor único e combina muito bem com massas, legumes e carnes.

(Foto: Arquivo pessoal – Bruno Evangelisti)

Ingredientes (4 pessoas):

  • Uma alga Kombu
  • Uma xícara de chá de katsuobushi (flocos de atum seco)
  • Um talo de alho poró
  • Um talo de salsão
  • 1/2 cenoura
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • *kombu e katsuobushi facilmente encontrados em estabelecimentos que comercializam ingredientes orientais

Preparo:

  • Em uma panela destampada, adicione um litro de água fria junto ao alho poró, a cenoura e o salsão picados e a kombu rasgada ao meio.
  • Assim que levantar fervura, retire a alga kombu e adicione o katsuobushi.
  • Deixe em fogo baixo por uma hora.
  • Coe tudo e sirva com uma massa fresca recheada, como fiz acima com o capeletti, que está recheado com porco.

 

Nosso último caldo é um creme de cenoura com gengibre. Perfeito para comer com um pãozinho!

(Foto: http://corpoacorpo.uol.com.br)

Ingredientes (5 pessoas):

  • 5 cenouras grandes
  • 100g de gengibre
  • 1 dente de alho
  • 1/2 cebola
  • Duas folhas de louro
  • 200ml de creme de leite fresco
  • Um maço de ciboulette (cebolinha francesa)
  • Azeite
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

  • Em uma panela com azeite, refogue o alho e cebola picados e depois adicione a cenoura cortada em brunoise (cubinhos minúsculos). Refogue até dourar, adicione o louro e um litro de água.
  • Quando a cenoura estiver bem cozida, liquidifique tudo, depois passe na peneira se não ficar bem liso.
  • Volte à panela, adicione o gengibre ralado, creme de leite e acerte sal e pimenta do reino.
  • Finalize com a ciboulette picada.

 

É isso! Nem precisam me agradecer, viu? Rs… É só fazer, bater foto e marcar @caduevangelisti e @tipzine pra gente ver como ficou.

Ah, use a criatividade. Mandioca, mandioquinha, feijão, lentinha, ervilha, inhame, batata… Tudo dá um bom caldo! 😉

Até a próxima!

Cadu Evangelisti
Cozinheiro e publicitário, mas não me acho a última bolacha do pacote.
Sou só um cara agitado, emotivo e sorridente, que não recusa uma cerveja.

Comments

comments

About the Author

Cadu Evangelisti
Cadu Evangelisti
Cozinheiro e publicitário, mas não me acho a última bolacha do pacote. Sou só um cara agitado, emotivo e sorridente, que não recusa uma cerveja.