Vai fazer o que no feriado?

Pergunta que parece despretensiosa, não é?! Nem sempre…

A gente espera recebê-la – e recebe de várias pessoas; se tiver sorte, recebe de quem se quer – eu geralmente não tenho!

Nessa época de festas e feriado prolongado, as pessoas costumam ressurgir do além, chega a ser engraçado. Mas não reclamo, é gostoso saber que tem gente que pensa em passar alguns dias de sossego com a gente, né?!

Mas e aquela mensagem que não chega? Aquele ser humano que não se manifesta…

A gente espera e espera, e quando se dá conta, acabou o tal feriado prolongado, lá se foi mais um final de semana e nada! Nada outra vez…

Sempre tem alguém que tem passe livre, não é mesmo? Uma pessoa que é capaz de mudar nossos planos, aquela que você tem esperança até o último minutinho antes de ir para algum lugar.

Quanto desperdício de tempo! Provavelmente essa pessoinha tem outra que tem passe livre na vida dela é não é você, nem eu!

A gente tem essa mania besta de se apegar a nada, a doses homeopáticas de atenção.

Nossa carência é tanta que “bom dia” virou sinônimo de “gosto de você”. E não, não significa isso.

A gente acorda, toma café, às vezes mesmo sem fome, pega a toalha e vai para o banho de uma forma tão automática que nem percebemos, às vezes nem temos certeza do que fizemos. Tem gente que faz as coisas por hábito, e acabamos entrando no rol de mensagens diárias sem significado algum.

É triste, não é?!

Mas perceber isso é crucial. Pode ter carinho sim em algumas mensagens, mas quem gosta, quer estar perto, quer apertar, morder, sentir o cheiro e ver as expressões que o outro tem. O que é mais gostoso que isso? Não é uma tela de celular.

Se desprender de alguém que está tão envolvido na nossa rotina doí, mas, se da outra parte não se quer nada além disso, o que resta fazer?

Sempre temos ao menos duas opções.

Eu, provavelmente, não sou a sua. Uma pena… Para nós dois.

Caroline Carvalho
Estudante de letras, troco salgado por doce, tentando ser fitness, amo gatos, livros e Netflix. Canceriana.

Comments

comments

About the Author

Caroline Carvalho
Caroline Carvalho
Estudante de letras, troco salgado por doce, tentando ser fitness, amo gatos, livros e Netflix. Canceriana.