Vamos falar de cerveja?

Fui convidada para fazer parte deste time de feras (nssss, que brega este termo) e desafiada a escrever sobre algo que amo, CERVEJA.

Para não ficar de papo furado com histórias emotivas de como eu me apaixonei pela bebida e tal (deixa isso para o “arquivo confidencial”), vou começar logo com uma informação importante.

Vamos falar, então, dos TIPOS de cerveja! Nesse primeiro momento, para criar uma expectativa, vamos falar de um só.

Existem TRÊS tipos: Lager, Ale e Fermentação Espontânea

LAGER (pronúncia: “láguer”)

3

As cervejas que você teve o primeiro contato, muuuuuito provavelmente foram desse tipo. Brahma, Skol, Itaipava, Budweiser, Heineken, são todas LAGER.

A principal característica deste tipo de cerveja é relacionada a sua FERMENTAÇÃO. A temperatura do processo deste tipo de cerveja deve variar entre 5ºC a 12ºC/16ºC. Isso é chamado de BAIXA FERMENTAÇÃO, pois a temperatura é assim, friazinha.

A fermentação é um processo da fabricação de cerveja e nós vamos falar sobre isso ao longo do tempo.

Outra característica legal das LAGERS é quanto a análise sensorial. Se você cheirar a cerveja LAGER você vai perceber um aroma de pão, fermento de pão, milho (cereais em geral) e ervas frescas (ou notas herbais). Outra característica é no paladar. As LAGERS são mais “frescas” por causa da carbonatação (bolhas, bolhas, muitas bolhas) e o sabor não é muito marcante, tornando as cervejas desse tipo mais “bebíveis” (alta drinkability). A maioria tem uma cor clara sendo amarela dourada ou palha.

Curiosidade: O nome LAGER vem do alemão lagerung que significa armazenamento ou estocagem.

Os principais ESTILOS de cerveja desse tipo são: Pilsen (Brahma, Skol, Budweiser), Bock, Dunkel, Helles, Viena, etc…

2

Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas

Comments

comments

, , , , , ,
Daiane Oliveira

About Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas
View all posts by Daiane Oliveira →