A vingança de Salazar: novos mares, velhos hábitos

Yo ho!

Mais um filme da franquia Piratas do Caribe chegou às telonas na última semana! A convite da Assessoria de Imprensa do Iguatemi, de São José do Rio Preto (SP), o TipZine esteve lá pra conferir.

Sem grandes surpresas, o quinto capítulo da saga chega ao público com tudo que o universo proporciona, desde seus cenários caribenhos de tirar o fôlego até a introdução de uma nova geração de personagens, que continuam a seguir pontualmente a receita de protagonistas com carisma peculiar.

Na nova aventura, Henry – filho de Will Turner e Elizabeth Swan – está à procura do Tridente de Poseidon para libertar seu pai da maldição a bordo do já familiar Holandês Voador. Com o auxílio de Jack Sparrow e a astrônoma Carina Smith, eles partem em uma missão cheia de complicações e mistérios, enquanto são perseguidos pelo novo vilão, Capitão Salazar, que está a procura de Jack e sua bússola. Vale ressaltar aqui que, ainda que tenham aparecido no trailer, o casal protagonista inicial mal aparece.

Depois de um intervalo de seis anos, Piratas do Caribe entrega seu novo capítulo com uma fotografia mais sombria e mais sangrenta, com a presença dos personagens clássicos como Capitão Barbossa e aquela dose de humor que já estamos acostumados. Quatro filmes mais tarde, A vingança de Salazar traz tudo aquilo que era esperado, principalmente pelo público que não gostava do universo. Com um desenvolvimento de trama básico, o longa se equilibra com auxílio de alguns pontos importantes da franquia, como, por exemplo, a origem de Jack Sparrow e a vida pessoal de Barbossa.

É visível que a franquia perdeu seu brilho lentamente e foi se desgastando ao longo de seus 14 anos de duração, mas ainda assim consegue apresentar uma execução honesta, arrancar boas risadas do público e ainda finalizar seu capítulo de forma emocionante. Em uma época recheada de blockbusters, é compreensível que a novidade chegue ao público nesta versão mais contida, mas ainda assim a aventura vale cada minuto de filme.

Atenção: o longa apresenta cena pós créditos, e sim, ela demora um pouco mais do que estamos acostumados.

 

Jôicy Franco
Social Media, 24 invernos.
Basicamente um desenho animado tentando sobreviver no mundo real.

Comments

comments

About the Author

Jôicy Franco
Jôicy Franco
Social Media, 24 invernos. Basicamente um desenho animado tentando sobreviver no mundo real.