Alô, cervejeiros (as)! Vocês conhecem a família ALE?

Na semana passada, começamos a falar sobre cerveja apresentando a você as FAMÍLIAS. Primeiramente, falamos sobre a LAGER, que é o tipo de cerveja mais consumida no Brasil (Brahma, Skol, Budweiser).

Hoje nosso foco é o tipo ALE.

ALE (pronúncia êiou)

As principais características deste estilo são:

  • Alta fermentação (15°C a 25°C);
  • As leveduras sobem à superfície do líquido;
  • Sabores e aromas mais complexos (vão além do cheiro de fermento e pão), como cravo, banana, maçã, abacaxi e etc;
  • A levedura utilizada é a Saccharomyces cerevisiae (microrganismo utilizado na produção de pão e etanol);
  • Com essa temperatura de fermentação, as cervejas ALEs produzem ésteres que dão sabores frutados à bebida;
  • Tem mais corpo, ou seja, você vai ficar saciado com muito pouco;
  • Os principais estilos da família ALE são Weizenbier, Pale Ale, IPA, Stout, Porter, dentre outros.

Agora uma historinha sobre a ALE.

Na era medieval, a cerveja conhecida era a ALE. Por falta de água potável, a bebida segura era a cerveja. Com alto poder nutritivo, a cerveja ALE era indispensável para a alimentação das pessoas naquela época.

Agora outra história fofinha.

Quem comandava a produção de cerveja no século XV eram as mulheres (sungas rasgam nesse momento).  Elas eram conhecidas como Brewsters ou Alewives (irmãs cervejeiras ou esposas Ale).

Não percam o próximo post na semana que vem! Vamos falar sobre um dos maiores eventos do Brasil, o Ipa Day 2016. \o/

Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas

Comments

comments

, ,
Daiane Oliveira

About Daiane Oliveira

Jornalista, apaixonada por rock & roll e Sommelier de Cervejas
View all posts by Daiane Oliveira →